Gerir um projeto em metodologia Waterfall do princípio ao fim

Metodologia Waterfall
Image by pressfoto on Freepik

Resumo

A metodologia de projecto Waterfall assenta num modelo de desenvolvimento de projeto caracterizado por ser sequencial e linear. Isto significa que cada fase do projeto deve ser concluída antes de passarmos à fase seguinte. A metodologia Waterfall é adequada para projetos onde os requisitos são claros e não mudam significativamente ao longo do projeto. Pode, por iso, ser menos flexível do que outras metodologias, como por exemplo Agile, quando se trata de lidar com mudanças de requisitos ou incertezas. A escolha da metodologia adequada a cada projecto é um dos factores críticos para uma entrega com sucesso.

Concepção e Análise

Nesta fase, a ideia do projeto é concebida. O primeiro passo na fase de concepção é a identificação de necessidades e/ou oportunidades de negócio e a criação de um documento de visão ou proposta de projeto. O objetivo da fase de concepção é definir claramente o âmbito e os objetivos do projeto. O sucesso do projecto começa nesta fase, um âmbito mal definido ou objectivos mal desenhados são, normalmente, sinónimo de insucesso na entrega.

Planeamento

Durante esta fase, elaboramos um plano de projeto detalhado que a definição de todas as tarefas a realizar, a alocação de recursos, a criação de um cronograma e uma estimativa de custos. O resultado deste trabalho é um Plano de Projeto.

Design

Com o plano elaborado, a equipa de projeto começa a trabalhar no design do produto (ou sistema) criando especificações detalhadas do que será construído.

Implementação

A equipa de projecto começa a desenvolver e a construir o produto com base no design definido no passo anterior. É importante seguir as especificações de forma rigorosa e garantir que todas as funcionalidades são implementadas de acordo com o detalhado nos requisitos.

Testes e Validação

Após a implementação, o produto é submetido a testes para garantir que responde aos requisitos solicitados e funciona de acordo com as especificações desses mesmos requisitos.

Implantação

Depois da fase de testes concluída com sucesso, fazemos um roll-out onde passamos a produção. Geralmente é necessário garantir a formação dos utilizadores finais e garantir que todas as funcionalidades estão a funcionar, já em produção, de acordo com o que foi validado nos testes.

Operação e Manutenção

Após a implantação, o produto (ou sistema) entra em operação. É importante monitorizar o desempenho e manter processos de manutenção regular para corrigir problemas e implementar melhorias.

Encerramento

O projeto é encerrado quando todas as metas e objetivos são alcançados. Nesta fase é entregue a documentação final do projeto, a avaliação do desempenho e a entrega de um relatório de encerramento.
Artigo anterior Artigo seguinte
Sem comentários
Comentar
url comentário

Pesquisa Google